Izzo Instrumentos
Buscar

Produtos encontrados: 47 Resultado da Pesquisa por: em 9 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 47 Resultado da Pesquisa por: em 9 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Ukulele: conheça o instrumento

O ukulele, também conhecido como “uke”, é um instrumento de corda que se popularizou mundialmente nos últimos anos. Seja pelas canções tradicionais havaianas ou pelas releituras de grandes clássicos executadas com este instrumento, certamente você já ouviu em algum lugar o timbre característico do uke!

Hoje você irá conhecer mais sobre a história e as principais características do ukulele. Continue sua leitura conosco aqui, na IZZO Musical!

 

O que é Ukulele? Como ele surgiu?

O ukulele é um instrumento musical havaiano e pertence à família dos cordofones, ou seja, dos instrumentos de corda. Sua história é bastante curiosa e, para quem já se questionou a respeito de sua semelhança com o nosso tradicional cavaquinho, saiba que os dois possuem uma relação de parentesco próxima.

Isso porque o ukulele foi criado a partir de cavaquinhos levados para o Havaí por imigrantes portugueses no século XIX e XX. O cavaquinho utilizado no Brasil também foi trazido pelos portugueses durante a colonização, mas ao contrário do ukulele, não sofreu alterações.

 

Então, qual a diferença entre cavaquinho e ukulele?

Sim, cavaquinho e ukulele são parentes, mas não são a mesma coisa. Por exemplo, enquanto o cavaquinho possui um tamanho padrão, o ukulele conta com cinco variações (veremos quais são elas com mais detalhes logo a seguir).

Ambos se diferem também pelas cordas utilizadas (nylon no ukulele, aço no cavaquinho) e pela afinação das cordas. Isso significa que o formato das notas realizadas no braço de cada instrumento muda.

 

Afinação do ukulele

Assim como qualquer outro instrumento de corda, o ukulele possui sua afinação própria, ou seja, cada uma de suas quatro cordas é afinada em uma nota diferente. As cordas do ukulele são contadas de baixo para cima e possuem as seguintes notas de afinação:

  • Corda 1: Lá (A)
  • Corda 2: Mi (E)
  • Corda 3: Dó (C)
  • Corda 4: Sol (G)

 

Tipos de Ukulele

Ao todo, existem cinco tipos de ukulele, sendo o tamanho a principal diferença entre eles:

  • Sopranino
  • Soprano
  • Concerto
  • Tenor
  • Barítono

O sopranino e o barítono são raramente utilizados atualmente, sendo mesmo difícil de encontrá-los à venda no Brasil. Todos os ukuleles possuem a mesma afinação, com exceção do barítono.

 

Ukulele: tamanhos

Se você deseja aprender a tocar ukulele, a grande dica é optar por uma das três opções intermediárias, ou seja, o soprano, concerto ou tenor. Confira os tamanhos das escalas de cada um deles

  • Soprano: escala de 33cm
  • Concerto: escala de 38cm
  • Tenor: escala de 45cm

Quanto maior o tamanho do ukulele, mais encorpado será o som emitido.

 

Anatomia do Ukulele

Um ukulele é constituído por diferentes partes que o formam:

 

Corpo

É a maior parte do instrumento, local onde fica a boca, cavalete e escudo. Sua construção é determinante para a qualidade e volume do som do instrumento. 

 

Braço

Local onde é executada as notas e acordes no ukulele. O braço é composto por uma escala composta por casas, trastes e marcadores.

 

Cabeça

Parte superior do instrumento, é o local onde as cordas são fixadas e tensionadas por meio das tarraxas de afinação. Entre a cabeça e o braço do ukulele também está a pestana por onde as cordas passam. 

 

Ukulele: Madeiras

A madeira utilizada na construção do ukulele também é determinante para a qualidade do som. Existem ukuleles feitos com madeira compensada laminada, nos quais o tampo costuma ser feito com madeira de qualidade superior, como o abeto ou o mogno.

Os ukuleles de nível superior são fabricados integralmente com madeiras mais nobres, como o já mencionado mogno e o Koa, que é uma madeira havaiana considerada a melhor madeira para ukulele.

 

Ukulele acústico ou eletroacústico?

Na hora de escolher o seu ukulele, você também deve se atentar ao fato dele ser um modelo acústico ou eletroacústico. A diferença está no fato do eletroacústico contar com sistema de captação e pré-amplificação, o que possibilita utilizá-lo junto a amplificadores e mesas de som. 

Se você pretende realizar apresentações ou mesmo tocar junto com outros instrumentos elétricos, o eletroacústico é a melhor opção. Outra característica interessante deste modelo é que ele costuma vir com afinador acoplado em seu próprio corpo.